No final dos anos 50, Gloves Aurelio Vervloet sonhou em fazer com que um pedacinho da Mata Atlântica, no estado do Espírito Santo, fosse um refúgio de animais silvestres.

Este pedacinho de mata hoje envolve o reservatório da represa de Rio Bonito, no Rio Santa Maria.  Suas águas contribuem para o ecossistema da região, para a sobrevivência de diversos animais e também para a vida das pessoas — do interior e da capital — de diversas maneiras: produção de alimentos por agricultura familiar e industrial, geração de energia elétrica e abastecimento hídrico.